Diferenças básicas entre o Step 7 Lite, o Step 7 e o Step 7 Professional

 

Infelizmente os softwares de programação dos PLCs da Siemens não são distribuídos gratuitamente. Pelo contrário, o custo deles costuma ser bastante alto.

Por causa desse alto custo, alguns clientes se iludem com o preço mais em conta do Step 7 Lite, acabam adquirindo-o e, no fim, percebem que entraram numa grande roubada.

Mas por que isso? O Step 7 Lite é ruim? Claro que não. Na verdade, como sempre, o que temos que observar antes de adquirir esse tipo de software é: “Qual será a nossa aplicação?”. Não adianta comprarmos um fusquinha quando precisamos de uma carreta!!!

O Step 7 Lite foi concebido para pequenas aplicações de clientes que possuem apenas CPUs da linha S7-300 ou C7s (que nada mais é do que uma CPU 300 com uma IHM e I/Os incorporadas) que não estejam ligados em rede, ou seja, esse software só suporta o protocolo MPI. Existem também outras limitações mostradas na tabela logo abaixo.

Sendo assim, para clientes que têm a intenção de expandir suas aplicações com Siemens, que possuem também CPUs da linha S7-400 além das S7-300 ou que possuem redes (principalmente ProfiBus e Industrial Ethernet) em sua planta, as melhores opções são o Step 7 ou o Step 7 Professional.

Mas afinal, qual é a diferença entre esses dois? Na verdade eles diferem principalmente quanto aos recursos de programação. Ambos oferecem as linguagens Ladder, FBD e IL sendo que o Professional ainda dispõe de S7-Graph e S7-SCL, que são linguagens bem particulares, pouco usadas se comparadas com o Ladder, por exemplo. Mas basicamente, 90% do que o Step 7 Professional faz, o Step 7 também faz sem problemas.

Abaixo estou colocando uma tabela comparativa dos três softwares. Para melhor visualizá-la, clique sobre a imagem. Essa tabela foi retirada do Catálogo ST70/09 que pode ser baixado em sua totalidade aqui.

Antes de encerrar, gostaria de comentar que esses softwares não programam as CPUs da linha S7-200. Para esse PLC deverá ser usado o software Step 7 MicroWin, que será tema de um outro post.

 

imagem

  1. Camila, como vai?

    Apesar de já desenvolver projetos em Step7 há bastante tempo, nunca havia parado pra verificar as diferenças entre as versões. Excelentes informações.

    Gostaria de complementar seu artigo chamando atenção para 2 empresas alemãs, a VIPA e a MHJ-Software. Ambas são indústrias alemãs especializadas em compatibilidade com Siemens.

    A VIPA é a fabricante do SPEED7, o CLP mais rápido do mundo, que é programável em Step7 e compatível com as linhas S7-300 e S7-400 da Siemens. Além dessa linha, ela fabrica o System 100V, o System 200V e o System 300V, os três programáveis através do Simatic Step7 Manager.

    A MHJ-Software é a fabricante do WinPLC7, um software de programação em Step7 compatível funcionalmente com o Simatic Manager. Digamos que ele seria compatível com o Step7 (não o lite, não o professional).

    Esse aplicativo além de leve e pequeno e tem uma versão Lite que é Free. O detalhe dessa versão é que ela é habilitada apenas para programar o System 100V, que é o CLP da VIPA que concorre com o S7-200. Vale realçar que o System 100V apesar de pequeno, é funcionalmente compatível com o S7-300.

    Eu escrevi vários artigos sobre a VIPA, o Speed7 e o WinPLC7 no meu blog. Te convido a dar uma olhada.

    Parabéns e Sucesso!

      • camilasoares
      • 31 maio, 2009

      Boa noite Dênis…
      Dei uma olhada no seu blog e o achei simplesmente excelente. O indicarei no meu blogroll.
      Muito pertinente o seu comentário.
      Já havia ouvido falar nos PLCs da VIPA, porém, infelizmente, ainda não tive a oportunidade de trabalhar com eles.
      Você sabe me dizer se os softwares que você citou no comentário conversam com as CPUs da Siemens?
      Muito obrigada pela sua visita. Volte sempre que quiser… será uma honra.
      Abraços e uma ótima semana.

  2. Camila,

    Seu blog também está excelente e já está indicado no meu. Acredito que com essas ações contribuimos para a rápida e segura disseminação do conhecimento.

    Os CLPs da VIPA são 100% compatíveis com os da Siemens. Eles possuem interfaces MPI, Profibus e Ethernet a depender da Série. Basta te dizer que se alguém espetar o cabo de programação no CLP e no seu laptop e não disser que é VIPA, quando você abrir o Manager vai ver uma CPU Siemens no Hardware Configurator.

    A VIPA é especialista em compatibilidade com Siemens. A CPU Speed7 é a mais espetacular. É uma CPU que tem o set de instruções do S7-400 e é mecânicamente compatível com o S7-300. Falando de desempenho, a CPU chega a ser 8X mais rápida. Não é 80%, é 8 vezes.

    Imagine você ter uma CPU 313C, por exemplo, que tem MPI, Ethernet, Profibus DP Mestre, e processa 100KB de programa em 2,0ms. É uma bala.

    A distribuidora da VIPA no Brasil é a Orkan. Sugiro que dê uma olhada no site deles. Os caras são muito bons e muito atenciosos. Eu tenho um sócio que está trabalhando diretamente com eles, o nome dele é Rodolfo Aguirre. Você pode entrar em contato com ele lá na Orkan.

    Se precisares de qualquer outra informação, conte comigo.

    Eu costumo dizer que a situação proporcionada pela VIPA é o sonho de qualquer cliente. Quem nunca pensou como seria bom ter dois fornecedores da tecnologia que gosta de trabalhar?

    Saudações,

    Dênis

      • camilasoares
      • 6 junho, 2009

      Olá Denis.
      Muito obrigada por indicar meu blog. Realmente essa é uma excelente ferramenta para disseminarmos conhecimento.
      Lembrei de você essa semana.🙂. Estive na FIEE e pude ver pessoalmente a nossa querida Speed7. O engraçado foi que, de longe, pensei que era uma CPU S7-300… rsrsrs… só percebi que não era quando cheguei mais perto.
      Pelo que você disse essa CPU é “a máquina”… com o set de instruções da linha 400, tamanho físico da 300 e processamento 8 vezes mais rápido, não tem para ninguém!!!
      Estou ansiosa para ter uma oportunidade de trabalhar com a VIPA. Espero que isso aconteça em breve.
      Abraços…

      • Anibal
      • 16 junho, 2009

      Denis boa noite!
      Atentei-me a conversa entre você e a Camila e fiquei impressionado com tal conhecimento.
      Hoje leciono na escola Senai aqui em Sta. Bárabara d Oeste como professor de Comandos Elétricos e programação de CLP, hoje os softwares que conheço, são o software de programação para CLP da ALTUS, ONRON e GE Fanuc,o Senai está mudando a parte de programação, este semestre será instalado CLP S7 300 gostaria de saber se você possui alguma apostila sobre o S7 ou você sabe de algum lugar onde posso buscar uma licença free deste software, para que eu consiga praticar, pois nunca programei S7. Desde já agradeço.

        • camilasoares
        • 19 junho, 2009

        Olá Anibal… Tudo jóia?
        Acho que somos quase vizinhos!!! Moro em Limeira… pertinho de você.
        Os softwares da Siemens não possuem uma licença free ou uma versão demo (infelizmente). Aliás os mais novos estão vindo com um hardkey no lugar daqueles disquetes horriveis que vinham antigamente.
        Geralmente o software da Siemens que ganha as licitações do Senai é o Step 7 Lite. Diferente do Step 7 Professional, que possui diversas funções, o Step 7 Lite até que é uma ferramenta amigável e simples para se trabalhar. Com certeza você se adaptará rapidamente a ela.
        No blog do Denis (www.denisleite.com) em um dos posts ele colocou um link da Siemens que possui alguns manuais e documentos da linha de automação deles. Acho que vale a pena você dar uma fuçadinha lá.
        E do mais, no que eu puder ajudar, pode contar comigo.😉
        Abração e um excelente final de semana.

  3. O STEP 7 Lite está disponível para download em:
    http://support.automation.siemens.com/WW/view/en/22764522

    A Siemens possui pacotes especiais de softwares de automação para instituições de ensino. Para maiores informações, entre em contato com a regional de vendas Siemens mais próxima.

    No caso do SENAI de Sta. Bárabara d’Oeste:
    Siemens – Regional Vendas Campinas: (19) 3709-1064.

      • camilasoares
      • 21 junho, 2009

      Olá Ana.
      Muito obrigada pelo link.
      Eu desconhecia essa versão gratuita do Step 7 Lite. Ela está disponível há muito tempo? Quais são suas limitações com relação a versão vendida?
      Abração e muito obrigada pela sua visita e contribuição.

        • Fabio
        • 21 julho, 2010

        Ola,
        Eu nao conheco muito sobre Step 7, gostaria de saber qual a ultima versao (se é a 5.4) e se com esta versao é possivel se conectar com Plc`s com com versoes anteriores.
        Obrigado

    • Ademir (Texima)
    • 25 setembro, 2009

    Ola Camila.
    Conheco o Anibal.
    Ja trabalhei com ele muito tempo.
    Posso resolver o problema dele em relacao ao S7 da Siemens.
    Eu trabalho com S7 aqui na minha firma.
    Ja tentei falar com ele, mas creio que o nr do celular nao seja mais o mesmo.
    Abracos.

    • Ademir (Texima)
    • 25 setembro, 2009

    Desculpe Camila. Nao me identifiquei.
    Meu email:admir.souza@hotmail.com
    Celular :11-8536 1605

    • Antonine
    • 6 março, 2010

    Camila boa tarde,
    Vejo que você conhece muito bem Siemens, trabalho em uma empresa 100% Rockwell, porém algumas vezes pensamos também em trabalhar com Siemens.
    Más o que conhecemos de Siemens PLC são os antigos S5 o que nos da calafrio, porém nos S7 me parece que a linguagem de programação evoluiu bastante e software parece menos primitivo do que o seu pai o S5.
    Quais a dificuldades que iremos enfrentar? como nos adaptar ao S7? como nos adaptar ao péssimo atendimento Siemens no Brasil?

    Grato.

  4. Antonine, como vai?

    Pelo que estou entendendo, sua empresa precisará migrar algumas máquinas S5 para S7. Temos desenvolvido uma série de trabalhos nesse sentido na Mekatronik (www.mekatronik.com.br). Creio que 8 retrofittings só em 2009.

    A verdade é que tanto a linguagem Step5 quanto a linha S5 são soluções extremamente robustas e versáteis. O problema é que a ferramenta de programação é DOS. Os alemães conceberam o S5 com recursos que só a pouco tempo outros fabricantes passaram a dispor, como blocos de função parametrizáveis, por exemplo. O Step7 nada mais é do que o Step5 numa interface mais amigável, com muito mais recursos de monitoramento e diagnóstico, instruções e funcionalidades adicionais.

    Nós trabalhamos tanto com Siemens quanto com Rockwell e gostamos das duas plataformas. Se você quiser, podemos agendar uma visita à sua fábrica para verificar os projetos de retrofitting em bater um papo.

    Sobre sua pergunta sobre como lidar com a dificuldade de suporte Siemens, pode contar conosco! Nossos e-mails e telefones estão no site da Mekatronik, você pode nos ligar e pedir meu telefone celular.

    • Leandro D. Luz
    • 25 junho, 2011

    Pessoal boa tarde! Sou Leandro, sou de são josé dos campos, mas agora moro em Sumaré – SP, pois estou trabalhando aqui na região, com relação ao assunto dos PLCs da Vipa não tive uma experiência muito boa a um tempo atrás no meu antigo trabalho, tive muito problemas de conflito do Simatic Mananger com as CPUs, mas são sem dúvidas excelentes equipamentos. Com relação ao amigo Anibal informo a ele que já dei aulas no passado sobre PLCs Siemens e estou querendo voltar, tenho um kit de treinamento que eu mesmo montei com uma CPU3215-2DP, uma I/O remota ET200S, e uma I/O remota Wago possuo software e também cabo de programção, caso queira umas aulas/dicas entre em contato (leandrdl@gmail.com).

    Excelente Blog Camila parabéns, vou ficar antenado nele! rsrs….Abraços a todos!

    Att. Leandro D. Luz.

  5. Leandro, como vai?

    Aí perto de você há uma unidade da Amanco, agora Mexichem, que é 100% VIPA. Estamos falando de uma arquitetura grande e robusta que inclui várias CPUs DP Mestre, muitas remotas em Profibus, um supervisório com uns 20mil tags e um sistema de controle de bateladas para a formulação de compostos.

    Posso te dizer com segurança pela quantidade de projetos que já executamos que não há incompatibilidade nenhuma entre o Simatic Manager e qualquer CLP da VIPA. Pelo que entendi você não está trabalhando com produtos da nossa linha no momento mas me coloco à disposição para te atender no que você precisar.

    Como todo produto (Rockwell, Siemens, Altus, VIPA etc) é preciso conhecer detalhes de configuração e programação. É um hábito dos brasileiros em geral, e me incluo, negligenciar o manual de vez enquando. Como trabalhamos com vários fabricantes de produtos na Mekatronik, acontece eventualmente de alguém achar que um software ou equipamento não está funcionando corretamente e quando verificamos com mais cuidado, trata-se de um detalhe no qual passamos batidos por não conhecer bem o produto ou a tecnologia.

    Reiterando o que comentei anteriormente, estou à disposição para atendê-lo. Quando você tiver um novo projeto com VIPA, pode nos contatar na Mekatronik ou na Orkan que estaremos prontos para te dar o suporte que precisar!

    Obrigado pela colaboração aqui no Blog da Camila e conte consoco!

      • Leandro D. Luz
      • 27 junho, 2011

      Caro Dênis estou bem e vc? Realmente tem mesmo uma unidade da
      Amanco em Sumaré, passo perto dela as vezes. Não cheguei a
      executar projetos com PLCs Vipa, o que eu quis dizer e acho que
      me expressei mal, é que aparentemente em alguns modelos de CPUs
      da Vipa, que não me lembro quais eram, quando estavamos monitorando o programa com a PG em alguma atividade de
      manutenção, por exemplo, a comunicação caia
      constantemente o que não acontecia com as CPUs da Siemens. Não
      sei exatamente qual era o problema, mas acontecia somente
      com algumas CPUs Vipa, mas a qualidade deste equipamente
      é indiscutivel, muito robusto mesmo. Eu particularmente
      gostava muito de trabalhar com estes equipamentos.
      E vc tem razão, as vezes deixamos mesmo de atentar para a
      documentação do equipamento, o que faz as vezes com que
      apanhamos do equipamento.
      As vezes, quando sobra um tempo, faço alguns pequenos projetos
      como freelancer, mas normalmente somente com Siemens, mas
      caso precise entrarei sim em contato com vc.
      Gostaria muito de manter contato com vc Dênis.
      Um Abraço.

      Att.

      Leandro D. Luz.

  6. Leandro,
    pode contar conosco!

    • Fabrini
    • 17 novembro, 2011

    Bom dia.

    Estou com um problema aqui no meu software step 7, toda vez que eu abro um bloco aparece uma mensagem de erro ( Open object (256:26) An internal OLE error occurred), e o bloco não abre. Consultando o site da siemens notei que ele pede para reinstalar o software.
    Minha duvi é quais as pastas que eu devo copiar para que eu não perca nada do programa, do step e do wincc que está junto. Com devo proceder para programar a rede ethernet após eu instalar o novo software (step 7 standard) e como instalar os arquivos denovo.

  7. Estou tentando comunicar (via simulação) o step-7 com o factory talk da rockwell. Ja consegui comunicar os dois com o SPS_Visu, so que to com um problema é que nao consigo deixar o SPS_Visu rodando direto, pois ele simula somente um minuto. Tem como deixar ele rodando direto?

    • Vagner
    • 19 dezembro, 2012

    Saudações
    Recentemente montei um projeto aqui na empresa onde trabalho, uma pequena automação do sistema de controle dos ventiladores. Nessa automação utilizo uma cpu 314sb vipa e uma remota im253 vipa e varios i/o s tanto para o rack da cpu como da remota, assim como entradas analogicas. Para interface de controle fiz um software no wincc flexible sp3 conectando a rede profibus via cartao cp5614 a2 ( que estava dando sopa por aqui ). Ainda não integrei a programação ao hardware, mas o mesmo funciona perfeitamente simulando com o PlcSim .Tenho uma dúvida com relação a cpu 314sb da vipa: Existe algum arquivo .GSD específico pra ela aparecer nos periférios do rack s7-300 ou mesmo o modelo 314 que tem disponível no Manager 5.5 funciona normalmente. Quanto ao GSD da remota o mesmo foi instalado e já aparece configurado legalzinho. Não achei nada com relação a CPU. Espero que possam me ajudar!

    Obrigado
    Vagner
    luizchiconi@yahoo.com.br

    • Rafael
    • 29 junho, 2013

    Boa tarde Camila!

    Você teria alguma apostila em português dos PLCSIM?
    Obrigado desde já!

    Rafael
    leafar-rs@hotmail.com

    • Douglas Santos
    • 18 julho, 2013

    Pessoal estou com um problema, na empresa onde trabalho foi adquirido 2 CLP S7 300, CPU 314C-2PN/DP 314-6EH04-0AB0. Usando o programa Simatic Manager, ao tentar configurar o Hardware não consegui devido ao fato de que não existe esta CPU para ser colocada no Rack. Outras duas CPUs antigas que já haviam na empresa configurei e programei sem problemas mas as duas existem na lista de CPUs. Uma CPU 313C, e outra CPU 314.
    Alguem pode mi ajudar?

    • jose afranio da silva
    • 4 agosto, 2015

    Ola bom dia ! gostaria de uma ajuda sou novo na área de automação com Siemens Stép7 . Estou com dificuldade para fazer a comunicação com um Siemens S7-300 atravéz de um cabo adaptador USB/MPI adquirido pela técnatron (TCI 7300-U) Segui todos os passos como manda o manual alocando para o cabo uma porta COM4 que estava disponível , Porém na hora de se comunicar não acontece nada nem se quer um erro, mas na entrada do notebook reconhece o adaptador normal ! Gostaria que alguém me auxiliasse e se possível me passar um passo a passo para que eu pudesse tentar pois fora da escola é a primeira vez que eu tento fazer uma comunicação em campo e não tem ninguém na empresa que possa me ajudar! Obrigado. Abraço!

    • jose afranio da silva
    • 4 agosto, 2015

    Desculpe ! meu e-mal é : j.afranio.silva@bol.com.br

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: